Homem em saco preto é confundido com morto e mobiliza PM em SP; vídeo

116

Caso inusitado aconteceu em Praia Grande depois que morador se assustou ao ver cão puxar um pé humano. PM constatou que se tratava de um morador de rua dormindo.

A presença de um suposto homem morto dentro de um saco plástico na orla de Praia Grande, no litoral de São Paulo, assustou moradores e mobilizou equipes da Polícia Militar da cidade. A ocorrência, na verdade, se tratava de um morador de rua dormindo dentro de um saco plástico. Um vídeo obtido pelo G1 nesta terça-feira (18) mostra a cena inusitada.

O caso aconteceu na madrugada do último sábado (15). Um homem que passeava com seu cachorro na orla da praia da Vila Mirim, na avenida Presidente Castelo Branco, se assustou ao passar por uma parte que estava fechada e em obras. Em seguida, o cachorro puxou um pé humano de dentro de um saco plástico preto.

Segundo relato do morador aos policiais, o corpo estava retraído, ‘parecendo que havia sido colocado em pedaços dentro do saco’. Como não houve nenhum tipo de reação no momento, o morador imaginou realmente ser um cadáver e ligou para o 190, pedindo ajuda para que a polícia fosse ao local verificar a situação.

Em entrevista ao G1, o cabo Passos, da Polícia Militar, informou que a equipe chegou ao local pouco tempo depois e também acreditou se tratar de um cadáver. Para não alterar a cena caso fosse necessário chamar a perícia, os agentes confirmaram que se tratava de um corpo humano e decidiram aguardar.

O homem só acordou e respondeu aos policiais depois de alguns minutos. O rapaz estava embriagado e contorcido dentro do saco e falou que se escondeu por causa do frio. “Depois do susto, nós verificamos que ele estava bem, oferecemos ajuda e ele negou. Decidimos encaminhá-lo até um outro lugar para que pudesse dormir melhor”, finalizou.