Brigada Militar reconhece o ato de bravura dos Policiais em Caxias do Sul

320

Soldados que reagem a criminosos em Caxias do Sul são promovidos por ato de bravura

Jornal O Diário

Caxias do Sul – A ação de dois policiais em confronto com bandidos foi reconhecida e ambos foram promovidos. Os soldados Deivid Martins da Rosa e Maicon Luiz Segala foram promovidos por ato de bravura pela Brigada Militar (BM). Na sexta-feira dia 28, foi publicada no Diário Oficial do Estado a ascensão dos brigadianos a 2° sargento. Ambos participaram do confronto que resultou na morte de quatro criminosos, um preso e apreensão de farto armamento, na noite do dia 17 de outubro de 2016, na Vila Ipiranga, em Caxias do Sul. Os soldados, que atuam na Companhia de Operações Especiais (COE), tiveram comportamento classificado como excepcional. Na época, a ação policial ganhou grande repercussão na mídia, reconhecimento da sociedade e homenagem da Câmara de Vereadores.

RELEMBRE A OCORRÊNCIA

A ocorrência iniciou por volta das 22h30, do dia 17 de outubro de 2016, no bairro Planalto. O Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) foi comunicado sobre um tiroteio na Rua Antônio Benevenuto de Marchi. Duas pessoas foram mortas e três veículos atingidos. O Corsa onde estavam as duas pessoas mortas tinha 33 perfurações. Os autores do crime fugiram em um HB 20, que foi visto pela BM no bairro Diamantino. Houve perseguição e, na BR-116, ocorreu uma primeira troca de tiros. Já na Vila Ipiranga, os bandidos abandonaram o carro e seguiram a fuga a pé. Em um matagal na Rua João Pedrinho Pistorello houve novo embate com os soldados, que resultou em quatro criminosos mortos e um ferido. Os brigadianos saíram ilesos.

Foram apreendidas duas espingardas calibre 12, uma submetralhadora, duas pistolas, uma de calibre 45 e uma .380, um revólver 38, coletes balísticos, toucas ninja, celulares e outros objetos. Os quatro mortos tinham antecedentes criminais.