Confira como ficou a nova proposta de carreira da BM e CBM apresentada pelo governo

1394

Os dados abaixo foram extraídos do documento apresentado pelo governo as entidades e aos comandos das corporações em reunião realizada na data de hoje (08)

Esta proposta não representa a proposta de Modernização encaminhada e defendida pelas entidades de classe, em uma análise básica, é praticamente o cumprimento do atual plano de carreira

NÍVEIS DA CARREIRA

  • Soldado (Com os níveis existentes)
  • Segundo Sargento
  • Primeiro Sargento
  • Primeiro Tenente

TEMPO DE CARREIRA E INTERSTÍCIOS

PROGRESSÃO NA CARREIRA

  1. Disponibilizar anualmente (mínimo 20% dos cargos vagos) de vagas para CTSP e CBA.
  2. Manutenção dos critérios de antiguidade e merecimento para progressão. Garantia de progressão para todos.

50% ANTIGUIDADE

50% MERECIMENTO

Nesse critério concorrem
TODOS OS SERVIDORES.

3. Necessidade da formação continuada/aperfeiçoamento CTSP e CBA. Requisito típico de instituição militar.

4. A transformação dos 5.240 cargos de 3º Sargento se dará em cinco anos, possibilitando-se a progressão.

5. Garantia de regularidade de CTSP e CBA todos os anos, habilitação para promoção.

Conversão dos cargos de 3º Sargento

Curso Superior para ingresso na carreira

  • Discussão não suficientemente madura.
  • Das 27 Unidades Federativas somente em 9 é necessário curso superior para ingresso na Polícia Militar (AC, AP, MG, GO, MT, RN, RO, SC e SE).
  • Além disso, estaria sendo vedada a possibilidade de muitos “vocacionados” ingressarem na instituição.

Promoção somente por antiguidade

  • Contraria o atual momento, ou seja, a busca de constante aperfeiçoamento em todas as atividades.
  • Garantia de progressão para todos.