2018

O ano acaba em poucos dias, restando a todos nós refletir sobre o que fizemos nos últimos 12 meses, nossos erros e acertos, enfim realizar um balanço de nossos atos e de tudo que aconteceu ao nosso redor. Será que fizemos as coisas certas, ou erramos demais em nossas escolhas?

Os diversos aspectos que nos cercam tiveram muita movimentação, foi um ano agitado com uma Copa do Mundo, onde, novamente, nossa seleção não empolgou e fez uma passagem sem brilho, enquanto os nossos times ficaram sem grandes títulos, decepcionando muito os torcedores gaúchos.

No campo político tivemos das eleições mais disputadas, com dois campos ideológicos opostos, que geraram inúmeros conflitos, tanto na vida real, como na virtual. A economia não cresceu no Rio Grande do Sul, com as famílias endividando-se cada vez mais, não conseguindo fazer frente às despesas, enquanto milhares de pessoas ficaram desempregadas.

Nossa segurança foi frágil, com inúmeros assaltos a bancos, com confrontos e cordões humanos, além de explosões e sequestros, além do aumento de homicídios e outros crimes.

Mas findando 2018 temos a esperança de que 2019 será um ano melhor, pois teremos Copa América no Brasil e a seleção tem chances de ganhar um campeonato sem precisar enfrentar os selecionados europeus, enquanto a dupla Grenal vai disputar a Libertadores da América.

O novo presidente, Jair Bolsonaro, e o novo governador, Eduardo Leite, terão a oportunidade de cumprir as promessas das campanhas, tornando o Brasil e nosso Estado melhores administrados, com maior crescimento econômico e segurança mais eficaz para todos, melhorando as diversas áreas das necessidades da população.

Tomara que tenhamos um Feliz Natal e um ano de 2019 repleto de boas notícias e que tudo de ruim que ocorreu ao longo de 2018 não se repita em nossas vidas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *