Dois presidentes e nenhum governo

A Venezuela está atualmente com dois presidentes, de um lado assumiu em 10 de janeiro o presidente eleito Nicolas Maduro, através de eleições contestadas por diversos países e de outro Juan Guaidó, que se autoproclamou presidente interino do país em 23 de janeiro, dando início a uma crise institucional no país vizinho.

Tudo iniciou em 1998, quando Hugo Chavez venceu as eleições para a presidência venezuelana, adotando uma política populista, que durou até sua morte no ano de 2012, baseada principalmente na exportação de petróleo, cujos valores eram utilizados para a importação de todos os produtos necessários para a população.

Com a queda do preço do petróleo em 2014 e redução da produção do produto, os venezuelanos tiveram redução de suas receitas, pois desde o final da Primeira Guerra Mundial os sucessivos governantes apostaram na exploração do petróleo, significando 96% das receitas da exportação do país, sem investimentos em agricultura e outros setores da economia.

Maduro não tem o carisma de Chaves, assim a oposição obteve mais adesão da população, o que permitiu que o líder da oposição conseguisse criar um fato político tão importante, gerando uma avalanche de apoios internacionais, favoráveis ou contrários a ambos os presidentes.

A população venezuelana vem sofrendo na mão de ditadores, os quais se aproveitaram de possuir as maiores reservas de petróleo do mundo, usando todo lucro para privilégios de pequenas elites, enquanto a maioria dos venezuelanos não tem acesso ao mínimo para sobreviver.

As privações levaram três milhões de pessoas a deixarem a Venezuela, buscando melhores condições junto a países vizinhos, pois alimentação e medicamentos estão em falta no país, com inflação chegando a um milhão por cento em 2018, desta forma temos dois presidentes, mas nenhum governo para conduzir um país com confrontos, mortes e feridos, resultado de duas forças políticas em luta pelo poder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *