GO: Governo determina que profissionais da Segurança Pública sejam vacinados contra Covid-19 em Goiás

1002
Conforme decreto, 5% das novas doses que chegarem ao estado serão destinadas a policiais, bombeiros e guardas. Medida vai priorizar trabalhadores em atividade e por ordem decrescente de idade.

Por Millena Barbosa, G1 GO

O governo de Goiás determinou, na noite de quarta-feira (24), que profissionais da Segurança Pública sejam vacinados contra a Covid-19. Por meio das redes sociais, o governador Ronaldo Caiado (DEM) afirmou que os servidores serão imunizados a partir da chegada de novas doses no estado.

“Determinei que comecem a vacinar todos os policiais e bombeiros. A partir dessa remessa de mais de 120 mil doses. Já vacinamos a linha de frente da Saúde. Agora é a vez da Segurança Pública”, escreveu Caiado.

A remessa com mais de 120 mil doses, como divulgou o governador, estava prevista para chegar em Goiânia na madrugada desta quinta-feira (25). No entanto, houve um atrasado e a previsão é que os imunizantes cheguem na capital nesta tarde.

O decreto que determina a vacinação desses profissionais já foi publicado em uma edição extra do Diário Oficial. Segundo o documento, a medida foi aprovada em uma reunião do Centro de Operações de Emergência de Goiás (COE-GO), que decidiu pelo direcionamento de 5% do quantitativo das próximas remessas de vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde.

Policiais militares em Jataí, Goiás — Foto: Ana Paula Moreira/TV Anhanguera

Policiais militares em Jataí, Goiás — Foto: Ana Paula Moreira/TV Anhanguera

Conforme o documento, o grupo prioritário de Forças de Segurança e Salvamento também irá incluir a Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Guardas Civis Municipais.

Segundo o decreto, as doses deverão ser utilizadas conforme orientações das secretarias de saúde estadual e municipais. Obrigatoriamente, é necessário considerar trabalhadores em atividade e ordem decrescente de idade.

No entanto, o decreto não informa qual será a data para início dessa vacinação. O G1 questionou à Secretaria de Estado da Saúde (SES), na manhã desta quinta-feira, sobre o início de imunização desses profissionais e aguarda retorno.

Em post nas redes sociais, governador afirma que profissionais de Segurança Pública serão vacinados contra a Covid-19 em Goiás — Foto: Reprodução/Twitter

Em post nas redes sociais, governador afirma que profissionais de Segurança Pública serão vacinados contra a Covid-19 em Goiás — Foto: Reprodução/Twitter

Vacinação em Goiás

Em fevereiro, começaram a ser vacinados em Goiás os idosos não acamados. A idade das pessoas que podem receber a vacina vem diminuindo gradativamente, conforme andamento da campanha de imunização.

Os primeiros a receberem as doses foram profissionais da saúde, idosos em instituições de longa permanência (asilos), deficientes também institucionalizados e indígenas aldeados. Atualmente, algumas cidades já vacinam moradores de 65 anos, como é o caso de Aparecida de Goiânia.

Um levantamento realizado pela SES apurou que, referente à primeira dose, foram aplicadas 374.511 doses das vacinas contra a Covid-19 em todo o estado até quarta-feira. Em relação à segunda dose, foram vacinadas 112.935 pessoas.

Em relação ao recebimento e distribuição de vacinas, o estado já recebeu 847.780 doses, sendo 715.280 da CoronaVac e 132.500 da AstraZeneca.

Chegada de mais 134 mil doses de vacina CoronaVac em Goiás  — Foto: Divulgação/SES-GO

Chegada de mais 134 mil doses de vacina CoronaVac em Goiás — Foto: Divulgação/SES-GO