Governo federal destinará R$ 3,7 milhões para a segurança pública do RS; veja onde serão aplicados

827

Recursos vão beneficiar Polícia Civil e Corpo de Bombeiros

Em abril, 20 viaturas semiblindadas foram entregues pelo governo gaúcho para a Polícia CivilLauro Alves / Agencia RBS

GZH

O Diário Oficial da União trouxe a confirmação de três boas notícias para a área da segurança pública do Rio Grande do Sul. Convênios assinados entre o governo gaúcho e o Ministério da Justiça e Segurança Pública vão destinar quase R$ 4 milhões para a área.

Da União virão R$ 3,7 milhões. Como contrapartida, o Palácio Piratini precisará repassar R$ 205,5 mil. 

Um dos convênios beneficiará o Corpo de Bombeiros. A verba de R$ 353,9 mil será usada na aquisição de uma viatura de resgate e salvamento. A vigência da parceria vai até março de 2023.

Os outros dois vão auxiliar a Polícia Civil. O de maior valor – R$ 1,89 milhão – será usado para aquisição de viaturas, computadores, monitores, câmeras filmadoras de ação, drones e notebooks. 

Por fim, o último convênio – de R$ 1,68 milhão – terá como destino, exclusivamente, a compra de viaturas. Em ambos os casos, as verbas precisarão ser usadas até setembro de 2023.

Avançar

No mês passado, o governo gaúcho anunciou o seu plano de investimentos para a área. O chamado Avançar na Segurança pretende destinar R$ 280,3 milhões na compra de viaturas, equipamentos, obras e tecnologia. 

Estes recursos virão do tesouro do Estado e deverão ser investidos até dezembro de 2022. Entre as instituições vinculadas à SSP, a Brigada Militar ficou com a quantia mais significava dos investimentos. São R$ 116,9 milhões. 

Semiblindadas

Em abril, o governo do Estado entregou 20 viaturas sembiblindadas para a Polícia Civil da Região Metropolitana de Porto Alegre. São caminhonetes zero quilômetro, avaliadas em pouco mais de R$ 4 milhões ao todo, pagas com recursos de transferência do Fundo Especial de Segurança Pública do Estado. Metade dos veículos foi destinada para a Capital.