NA RUA: um dos maiores assaltantes de banco do RS sai do presídio

7198

Com condenação até 2042, ele ganhou benefício para voltar pra casa.

Por Agência GBC

Preso pela Brigada Militar no dia 27 de junho, o criminoso Alemão, um dos assaltantes de banco que figuram no topo de lista de procurados no Rio Grande do Sul, foi solto pela Justiça e deve cumprir pena com tornozeleira eletrônica. 

Alemão foi um dos condenados por participar em 2005 do resgate do preso Cafuringa, em Montenegro. Na ação, o agente penitenciário Jair Fiorin foi assassinado. Ele é considerado um preso de alta periculosidade pelas autoridades. 

No dia da prisão, ele estava na Travessa Mutirão, no bairro Nova Conquista, em Gravataí. Tentou fugir, mas foi capturado por policiais da Força Tática. Em abril de 2012 ele foi condenado a 17 anos e seis meses de prisão. Na oportunidade, acabou recebendo progressão de regime para usar tornozeleira eletrônica. No entanto, ele fugiu e estava foragido quando foi encontrado. Junto com outros crimes, ele tem condenação até 2042.