Novos soldados reforçam policiamento contra roubos e homicídios em Caxias do Sul

172

Turma de 30 PMs recém-formados apoia ações contra roubo ao comércio e homicídios na cidade

Além de patrulhas na área central, novos soldados foram distribuídos em entradas e saídas de bairrosBrigada Militar / Divulgação

PIONEIRO

Com coletes fluorescentes, 30 novos soldados da Brigada Militar (BM) reforçam o policiamento nas ruas de Caxias do Sul. O grupo apoia a Operação Black Friday, na área central, e também foi distribuída em locais estratégicos para o combate aos homicídios, indicador que teve aumento no último mês.

O grupo fez parte da formatura da formatura de 865 novos soldados realizada no dia 18 de dezembro, data que a corporação comemorou 184 anos. Antes de serem distribuídos para seus novos postos, estes PM participam de cursos especializados, como instrução para o uso de arma de choque.

— Neste período, eles foram empregados para atuar nas principais cidades gaúchas, e Caxias é uma delas. Recebemos estes 30, o que é muito positivo. Durante a semana, já utilizamos eles na operação contra roubos a comércios na área central. Assim, nosso efetivo consegue atender mais demandas — aponta o tenente-coronel Emerson Ubirajara, comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM).

Neste final de semana, os novos brigadianos também auxiliam nas ações contra os homicídios. Eles foram espalhados no acessos aos bairros, em pontos de visibilidades, para desestimular ações criminosas. O mês de novembro contabiliza nove assassinatos até o momento, mais que o dobro do que o registrado em outubro — mês que teve o menor índice do ano com quatro mortes. No total, Caxias do Sul já registrou 87 assassinatos em 2021.

Estas ações com os novos policiais continuam até terça-feira (30). Depois, há a expectativa que o 12º BPM receba um reforço em definitivo.

— A notícia que temos é que Caxias do Sul receberá de 30 a 40 novos policiais. O número ainda não está certo, mas já temos esta informação. A expectativa é que cheguem em meados de dezembro. Nossa estratégia será manter eles em um mesmo para que continuem atuando juntos nestas operações de final de semana — explica o tenente-coronel Ubirajara.

Além do 12º BPM, o 4º Batalhão de Choque também deve receber cerca de 20 policiais a partir desta nova turma. A tropa especializada tem sede em Caxias do Sul, mas atua de forma regional conforme a necessidade.