Operação Forças Integradas intensifica o enfrentamento à crimes contra a vida

198
A ofensiva concentra esforços da BM e PC, com apoio da Susepe. – Foto: Divulgação/BM

Quase 30 mil pessoas foram abordadas em um mês de atuação da operação

A Operação Forças Integradas, iniciada em 14 de julho, intensificou a presença policial preventiva, repressiva e investigativa em bairros de Caxias do Sul, Passo Fundo, Porto Alegre e pontos da Região Metropolitana, a partir da estratégia de foco territorial do Programa RS Seguro. No período, foram identificadas e abordadas 29.944 pessoas. Somados os foragidos, flagrantes e termos circunstanciados, 376 suspeitos foram presos. A ofensiva concentra esforços da Brigada Militar (BM) e Polícia Civil (PC), com apoio da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe). 

A ação tem como principal finalidade aprofundar a redução nos indicadores de criminalidade já consolidada ao longo dos últimos dois anos, sobretudo os Crimes Violentos Letais Intencionais (homicídios, latrocínios e feminicídios). A Operação Forças Integradas empregou, em média, 280 agentes da Segurança Pública e 70 viaturas por dia.  Com as ações desenvolvidas, foi possível reverter os dados que, até a metade do mês de julho, indicavam alta nos homicídios em comparação com o mesmo período de 2020. A redução nos indicadores é resultado direto da intervenção das forças de segurança a partir da metodologia de monitoramento da GESeg implantada pelo RS Seguro.

A ofensiva tem atuação de policiais militares de quatro Batalhões de Polícia de Choque (1º BPChq – Porto Alegre, 2º BPChq – Passo Fundo, 3º BPChq – Santa Maria e 4º BPChq – Caxias do Sul), das Forças Táticas das unidades operacionais, com responsabilidade territorial nas cidades alvo, além de efetivos dos Comandos de Policiamento da Capital (CPC) e Metropolitano (CPM), da Serra e do Planalto. A ação ainda conta com apoio de integrantes do 6º BPChq, de Uruguaiana. Esta iniciativa é a primeira atividade após o treinamento recentemente concluído e que permitirá a instalação da nova unidade na Fronteira Oeste, que será inaugurada na próxima quinta-feira (19/08). Também participam alunos-soldados, que serão empregados em estágio operacional, nos finais de semana, em pontos de visibilidade.

Fonte: SSP/RS