PM que atirou e matou colega é preso por homicídio

8827

Caso ocorreu no fim da tarde no bairro Sarandi

GZH

Caso aconteceu por volta das 18h30min desta segunda-feira (1º), na Avenida 21 de AbrilAnselmo Cunha / Agencia RBS

Um policial militar, de 34 anos, foi preso em flagrante por homicídio na noite desta segunda-feira (1º) pela morte do colega brigadiano, Lucas Oliveira, 37. Ele foi enviado ao Batalhão de Polícia de Guarda, de acordo com a Brigada Militar. Por volta das 18h30min, após uma tentativa de assalto, o policial, que atua em Bagé, disparou contra a cabeça do colega, que morreu.

Conforme a polícia, os dois conversavam em frente a uma loja na Avenida 21 de Abril, no bairro Sarandi, quando foram abordados por uma dupla de criminosos, que teria se aproximado já disparando. Ambos os brigadianos não estavam em serviço no momento da ação.

— Quando começa a troca de tiros, um vai para trás do veículo e o Lucas para frente. Ele troca disparos e, quando os criminosos saem, vai para trás do carro ver o colega. Nesse momento, o outro PM atira em Lucas na cabeça. Pelas imagens, fica bem claro que um PM atira no outro — afirma o delegado Eibert Moreira, diretor da Divisão de Homicídios de Porto Alegre.

Um inquérito apura as circunstâncias do fato, e o PM deve ser ouvido no processo.

De acordo com o tenente-coronel Ivens Giuliano Campos dos Santos, comandante do 20º BPM, o PM morto estava, atualmente, afastado da BM e em processo de exclusão da corporação. Ele respondia um processo por tráfico de drogas e já havia sido preso, há alguns anos, pela Corregedoria da Brigada Militar.