Porto Alegre vacina profissionais de segurança pública a partir de segunda-feira

427

Agentes da Polícia Civil, Brigada Militar, Polícia Rodoviária Federal, Susepe e guardas municipais serão beneficiados

Categoria foi contemplada com doses que chegaram ao Rio Grande do Sul nesta sexta-feira. Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini

A chegada de 645.150 vacinas contra Covid-19, nesta sexta-feira (2), possibilitará o início da imunização dos profissionais das forças de segurança no Rio Grande do Sul. A medida, autorizada pelo Governo do Estado, contempla os agentes da ativa da Brigada Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Superintendência de Serviços Penitenciários e guardas municipais.

Porto Alegre, que teve acesso a 102.585 doses do lote, começará a aplicar o imunizante nos servidores da categoria na segunda-feira (5). Segundo a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), 16.760 pessoas fazem parte do grupo na cidade. Boa parte delas receberá a vacina na fórmula de Oxford/AstraZeneca: são 7.435 ampolas rotuladas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) destinadas a este fim.

As demais serão contempladas com a CoronaVac, fabricada pelo Instituto Butantan. Os integrantes das forças de segurança serão vacinados exclusivamente em drive-thrus, que funcionarão das 9h às 17h nos estacionamentos do Big da avenida Sertório e do BarraShoppingSul. A previsão é de que, até a quarta-feira (7), todos recebam a primeira dose.

Os agentes da Polícia Federal ficaram de fora da portaria do Palácio Piratini e, por isso, não serão vacinados. A exclusão motivou protestos de entidades representativas dos servidores – que, juntas, alertaram para a possibilidade de suspensão das atividades dos profissionais. A corporação é a responsável pela escolta dos imunizantes que chegam ao Estado, entre o Aeroporto Internacional Salgado Filho e a central de armazenamento.

Canoas vacina agentes no sábado

Em Canoas, a vacinação dos policiais e demais integrantes das forças de segurança começa neste sábado (3), na sede da secretaria municipal de Segurança Pública. A aplicação das doses terá início às 8h, mas a prefeitura ainda avalia o escalonamento de horários para os servidores de cada entidade. A administração alerta, ainda, que somente os profissionais lotados na cidade serão atendidos.

FONTE Rádio Guaíba