Programa do RS prevê investimento de R$ 443,4 milhões para área penal

171

Parte do dinheiro será para aquisição de viaturas semi blindadas e equipamentos

Correio do Povo

Parte dos recursos também serão para aquisição de armas, munições e coletes balísticos | Foto: Álvaro Grohmann / Especial / CP

O programa Avançar nos Sistemas Penal e Socioeducativo com investimento de R$ 465,6 milhões, lançado na manhã desta sexta-feira pelo Governo do Estado no Palácio Piratini, em Porto Alegre, prevê melhorias de segurança e tecnologia para Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), vinculada à Secretaria de Justiça e Sistemas Penal e Socioeducativo. Os recursos somam R$ 109,3 milhões de um total da área penal de R$ 443,4 milhões.

Em torno de R$ R$ 39,3 milhões serão destinados à aquisição de viaturas semi blindadas; R$ 3,96 milhões para locação de veículos administrativos; R$ 29,7 milhões em armas, munições, coletes balísticos, escudos, capacetes, joelheiras, algemas e radiocomunicadores; R$ 117 mil na compra de drones; R$ 7 milhões em scanners corporais; e R$ 29,2 milhões na adoção de um sistema de detecção de sinal com bloqueador de celular, com solução de radar antidrone.

Em relação às 122 viaturas, 100 delas serão para transporte de detentos, 20 para os grupos de intervenção e duas para empregos de cães. Já no caso do material bélico serão compradas pistolas e coletes balísticos individuais para todos os agentes
penitenciários, aparelhamento dos grupos táticos e reaparelhamento de armas e munições para todas as unidades prisionais. 

Já o sistema de detecção de sinal com bloqueador de celular, com solução de radar antidrone, será instalado em 15 casas prisionais. Por sua vez, a área da gestão e tratamento penal terá de R$ 21,54 milhões.

O programa Avançar nos Sistemas Penal e Socioeducativo inclui também R$ 6 milhões para a área de justiça e R$ 16,2 milhões no sistema socioeducativo.