Sessões extras da ALRS irão analisar nesta semana o novo plano de carreira do nível médio da BM

786

A Assembleia terá dois dias intensos de trabalho na terça (21) e na quarta-feira (22), quando deverá convocar sucessivas sessões extras para analisar projetos prioritários ou com caráter de urgência — capazes de trancar a pauta de votações.

Entre as pautas, a mudança na carreira doas praças da Brigada Militar — o governo marcou uma reunião para o final da tarde desta segunda (20) para fechar um acordo com líderes das bancadas de apoio e garantir maiores chances de aprovação.

Até a tarde de segunda, a proposta que muda a carreira dos praças da Brigada Militar (que incluem soldados, primeiros e segundos sargentos e tenentes) estava em situação mais incerta. O projeto original propõe promoções anuais, mas não atendeu a reivindicações da categoria como exigência de curso superior e progressões por antiguidade.

O governo voltou à prancheta para encontrar formas de facilitar a aprovação e, no final da tarde de segunda, marcou reunião com os líderes da base para confirmar a inclusão da medida na lista de votações. Gabriel Souza acredita que o texto, ainda que com modificações, irá à plenário:

— Se não votar até quarta, não poderia ser votado depois do recesso legislativo porque o Estado já terá aderido ao regime de recuperação fiscal, o que impede mudanças de carreira, que geralmente incluem melhorias salariais — analisa o presidente da Assembleia.