‘Vamos manter e aprimorar o trabalho que vinha sendo feito” diz novo comandante do 36º Batalhão da Brigada Militar

2114

O novo comandante do 36º Batalhão da Polícia Militar, com sede em Farroupilha, tenente Coronel Márcio Uberti Moreira, se apresentou para o trabalho nesta terça-feira (02). Ele terá o major Giovani Gomes como subcomandate e o capitão Tonatto no comando da 1ª CIA do Batalhão. Em entrevista ao Portal Leouve, Uberti comentou sobre será a sua maneira de trabalhar e sobre o novo momento na carreira de mais 30 anos no militarismo.

Ele disse que este é um mais um desafio, determinado pelo comando da instituição, e que ele pretende agregar a sua experiência adquirida ao longo dos anos na Brigada Militar para levar mais segurança para a comunidade das cidades de abrangência da corporação. Uberti se diz feliz e que tem sido bem recebido pela comunidade e que como resposta ele quer deixar um legado de ampliação do bom trabalho que já estava sendo feito.

O 36º abrange as cidades de Farroupilha, Flores da Cunha, Antônio Prado, São Marcos, Nova Pádua e Nova Roma do Sul. Uberti diz que pelas cidades terem suas características de comunidades e serem menores no contexto da Serra Gaúcha, isso auxilia o trabalho pela proximidade da população com a Brigada Militar. Para ele, o trabalho de união entre todos traz respaldo para as ações da polícia.

Sobre a saída do então comandante, major Juliano Amaral, que gerou protestos de entidades representativas de Farroupilha, pedindo inclusive em carta ao governador Eduardo Leite a permanecia dele no comando, Uberti disse entender a posição da população e que considera isso um movimento normal.

“Eu acho natural que a comunidade tenha se manifestado. É importante até esse reconhecimento ao major Juliano. Ele fez um bom trabalho, a comunidade gostava dele, ele estava interagindo com todos e era compreendido por ela. Então é natural, não existe nenhum problema com relação a isso. Tanto o Juliano quanto eu sabemos que nosso tempo de permanecia em unidade operacional ela independe da nossa vontade, ela dependente de questões institucionais, de necessidade” disse.

Com relação a sua filosofia de trabalho, Uberti diz que antes de tudo ele precisa agradecer as boas vindas que tem recebido e que sua característica é de trabalho sério, de resultados, com senso de justiça e honestidade, além da busca de resultados. Ele acredita que a população vai continuar apoiando o 36º Batalhão como sempre apoiou.

Portal Leouve